Buscar
  • Oncocipe

NEUROBLASTOMA: O QUE É E QUAIS OS SINTOMAS

Atualizado: 12 de Nov de 2020

Esse tipo de câncer, que tem origem em formas primitivas das células nervosas, quase sempre se desenvolve em crianças de até 5 anos. No entanto, costuma ser diagnosticado entre 1 e 2 anos de idade, por meio de exames como Raios X, ultrassonografia, tomografia, ressonância magnética, cintilografia óssea, entre outros. Em alguns casos, pode ser detectado na ultrassonografia, antes mesmo de a criança nascer. A confirmação do diagnóstico é feita por meio de biópsia da lesão ou da medula óssea.


A maioria dos neuroblastomas se desenvolve nas glândulas adrenais, que ficam em cima dos rins, no abdome ou nas células nervosas próximas da coluna espinhal (gânglios dorsais). Eles também podem se desenvolver no tórax, no pescoço ou na espinha. Podem ter um desenvolvimento lento ou progredir rapidamente.


Os sintomas assemelham-se aos de doenças mais comuns, e, por essa razão, o diagnóstico pode ser difícil. Os mais frequentes são: hematomas, perda de apetite e de peso, fadiga, nódulos no abdome, na lombar, no pescoço ou no tórax, dor nos ossos, pálpebras caídas e olhos saltados, círculos escuros sob os olhos ou ao seu redor, febre, anemia e pressão alta.


Alguns neuroblastomas de baixo risco desaparecem sem tratamento e outros podem ser tratados apenas com cirurgia. Em grande parte das vezes, porém, o tumor já se disseminou para outras partes do corpo quando é diagnosticado e vai exigir uma combinação de tratamentos.


A quimioterapia neoadjuvante também pode ser usada antes da cirurgia para reduzir o tumor e facilitar o procedimento cirúrgico. Outras modalidades de tratamento são transplante de medula óssea, radioterapia, imunoterapia, cintilografia.


É importante que, caso tenha alguma dúvida que algum paciente tenha este tipo de tumor, encaminhe para um oncologista pediátrico ou cirurgião pediátrico com expertise em oncologia.


Fonte: GRAACC e INCA


Posts recentes

Ver tudo