Buscar
  • Oncocipe

TERATOMA SACROCOCCÍGEO: O QUE É? TEM TRATAMENTO?

O teratoma sacrococcígeo é o tumor mais comum em recém nascidos, sendo mais frequente em meninas. Sua origem é nas celulas germinativas, podendo apresentar componente maligno ou não.

Em bebês, a presença de tumor em região do coccix é a principal forma de apresentação. Em crianças maiores o diagnóstico é mais tardio, pois costumam apresentar o tipo de tumor com pouco ou nenhum componente externo. Podem apresentar retenção urinária, constipação intestinal e dor pélvica.


O diagnóstico é feito ainda no útero na grande maioria dos casos, através de exames de ultrassonografia do pré-natal. Em crianças maiores, exames de imagem como ultrassonografia, tomografia e ressonância magnética fazem parte da investigação e diagnóstico. Além disso, a dosagem de marcadores tumorais é fundamental para avaliação de malignidade.


A cirurgia é a principal opção de tratamento, com a retirada completa do tumor incluindo o cóccix. A retirada completa do cóccix é parte fundamental da cirurgia para que não haja recidivas. O tratamento com quimioterapia neoadjuvante ou adjuvante pode ser necessário em caso de malignidade e metástase.


É importante que, caso tenha alguma dúvida que algum paciente tenha este tipo de tumor, encaminhe para um especialista.

⠀⠀⠀

Fonte: Oncoguia; Scielo.

49 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo